Como iniciar uma loja online - 8 etapas da instalação para sua primeira venda

É fácil começar uma loja on-line ou uma boutique especializada nos dias de hoje, mas há muito mais para vender on-line do que um site bacana. Aprendi isso da maneira mais difícil, há mais de 17 anos, quando entrei no comércio eletrônico primeiro, sem a menor idéia de como começar uma loja on-line.

Para ajudar você a começar do jeito certo, eu coloquei uma lista de coisas que você precisa resolver ao iniciar uma loja online. Também abordarei o que você precisa considerar em cada etapa do caminho, conecte você a informações adicionais e recomende as melhores ferramentas e opções disponíveis.

Você pode construir uma loja online de maneira rápida e fácil com o Weebly. Ele permite que você crie uma loja de comércio eletrônico exclusiva com temas pré-criados que você pode personalizar usando um editor de arrastar e soltar. E como o Weebly é de propriedade da Square, ele possui um carrinho de compras totalmente integrado, uma calculadora automática de impostos e ferramentas intuitivas de gerenciamento e envio de estoque. Clique abaixo para uma avaliação gratuita.

Existem três maneiras principais de vender on-line e cada uma atende a determinadas necessidades de vendas e marketing:

1. Um site com um complemento de carrinho de compras

As plataformas de websites permitem que você configure rapidamente um site e até mesmo aceite pagamentos on-line para sua empresa. A maioria também oferece complementos de carrinho de compras simples, se você vender alguns itens, por isso eles são uma ótima maneira barata de abrir uma loja on-line. Mas se o seu objetivo principal é vender uma ampla gama ou um grande volume de produtos, eles não têm todos os recursos que você provavelmente precisará.

Aqui está uma olhada em uma loja que você pode lançar no construtor de sites Weebly:

Fonte: Weebly Website Builder em FitSmallBusiness.com

Visite o Weebly

2. Hospedagem Ecommerce Dedicada

Se a venda de produtos é o seu foco principal, as plataformas de comércio eletrônico dedicadas oferecem recursos on-line mais robustos de gerenciamento de vendas e pedidos do que os complementos do carrinho de construtor de sites. O BigCommerce é uma plataforma de criação de sites e comércio eletrônico que oferece às empresas os recursos e as funcionalidades necessárias para configurar uma loja on-line. É amigável para iniciantes e conta com um painel de controle fácil de usar, utilitários de configuração de lojas e temas de loja limpos e compatíveis com dispositivos móveis. Clique aqui para uma avaliação gratuita de 15 dias.

Os sites de comércio eletrônico BigCommerce ficam ótimos em desktops e dispositivos móveis

Visite BigCommerce

3. Plataforma de Blog com um Plugin de Carrinho de Compras

Se você quiser vender produtos e fornecer conteúdo novo da maneira que desejar, uma plataforma de comércio eletrônico baseada em blogs é a opção certa para você. Esta é uma maneira especialmente popular de começar uma boutique online. O WordPress é, de longe, a escolha de plataforma mais popular para blogs e lojas on-line baseadas em blogs, como a mostrada abaixo. Você pode usar um plug-in de carrinho de compras, como o Ecwid ou o WooCommerce, para adicionar funções de comércio eletrônico a qualquer blog WordPress existente ou novo.

As lojas WordPress, como a abaixo, combinam o conteúdo e vendem recursos de maneira excelente. Veja mais visuais que você pode criar com as lojas de comércio eletrônico WordPress em nosso artigo aqui.

Fonte: BentleyDrinkware.com

Coisas a considerar

Se você não escolher a solução de loja on-line certa para sua empresa, provavelmente se verá mudando de plataforma no meio do caminho. Acredite, esta não é uma tarefa divertida. Portanto, realmente examine suas escolhas e selecione uma plataforma de comércio eletrônico que possa atender às suas necessidades de curto prazo, além de apoiar o crescimento futuro. Abaixo estão algumas perguntas para se fazer. Suas respostas apontarão para a melhor plataforma de loja on-line para as necessidades de mudança de sua empresa:

  1. Estou vendendo principalmente, ou espero vender, uma variedade de produtos em algum volume?
  2. Estou vendendo principalmente um serviço e alguns itens relacionados?
  3. Estou construindo uma marca voltada para conteúdo em torno de meus produtos ou querendo criar uma sensação de boutique?
  4. Eu também planejo vender na Amazon, Ebay, Etsy, Facebook e / ou em minha própria loja ou em feiras e mercados?

Nossas recomendações

Sua resposta:O melhor ajuste:Tente isto:
# 1: Sim - principalmente vendendo produtosPlataforma de comércio eletrônico dedicadaShopify, BigCommerce ou Zoey
Veja a nossa análise de todos os três aqui.
# 2: Sim - vendendo principalmente um serviço com alguns itensConstrutor de sites com um complemento de carrinho de comprasWeebly ou Wix
Veja nossa análise de ambos aqui.
# 3: Sim - Criando uma marca orientada por conteúdo e vendendo produtosPlataforma de blog com um complemento de carrinho de compras de comércio eletrônicoWordPress com o plug-in do carrinho de compras da Ecwid, WooCommerce ou Cart66
Veja a nossa análise de todos os três aqui.
Veja como configurar rapidamente o seu site WordPress aqui.
# 4: Sim - pretendo vender em diferentes canais de vendas, através de mídias sociais e / ou pessoalmentePlataforma de comércio eletrônico dedicada OU plataforma de blog com suporte de vendas multicanal e socialE-commerce dedicado: Shopify ou BigCommerce
Plataforma de blogs: WordPress com o plugin de carrinho de compras Ecwid.
Square ou Shopify POS para processamento de pagamentos on-line e pessoalmente.

Depois de considerar qual é o melhor tipo de loja on-line para seus produtos e negócios, é hora de analisar suas opções de atendimento. Cumprimento é o termo que abrange o processo de estoque de itens e o preenchimento e envio de pedidos de clientes. Seus processos de preenchimento devem ser eficientes e precisos para que sua loja on-line sobreviva, por isso é melhor entender tudo o que está envolvido na frente.

Cumprimento de pedidos em poucas palavras:

Existem basicamente quatro maneiras diferentes de gerenciar o atendimento de seus pedidos de loja on-line. Esses são:

1. Cumprimento Interno

O atendimento interno lhe dá controle total de seus pedidos enviados e pode ser menos dispendioso do que o atendimento de terceirização. Você pode estocar o produto, embalar e enviar pedidos de praticamente qualquer lugar: a garagem de sua casa ou um quarto de reposição, ou uma unidade de armazenamento, depósito ou loja de varejo.

2. Cumprimento do navio da gota

No embarque direto, os seus fornecedores de produtos encomendaram itens diretamente ao seu cliente. Você não precisa armazenar, embalar e enviar esses itens por conta própria, além de não pagar pela mercadoria até que ela seja realmente solicitada. Algumas lojas online vendem exclusivamente usando fornecedores de dropship e nunca realizam inventário de estoque. Mas nem todos os vendedores irão despachar para você, então sua oferta de produtos pode ser limitada. Além disso, você ainda precisa gerenciar o fluxo de pedidos para seus diferentes fornecedores e lidar com problemas de atendimento ao cliente, como devoluções.

3. Híbrido Interno e Drop Ship

Muitas lojas on-line enviam a maioria de seus pedidos usando o preenchimento interno, depois enviam determinados itens, pedidos grandes ou pedidos especiais diretamente de seus fornecedores. Essa configuração de atendimento de pedidos no estilo híbrido permite que você armazene menos, mas ainda assim faça grandes vendas.

4. Cumprimento Terceirizado

As empresas de atendimento, também chamadas de logística de terceiros (3PL), armazenam seu inventário de produtos e realizam as tarefas de retirada, embalagem e envio para você, além de lidar com devoluções e outros problemas de atendimento ao cliente. Isso deixa você livre para comercializar e construir seu negócio em tempo integral. O serviço tem um custo, mas a maioria oferece um grande benefício de redução de custos: menores taxas de envio. Como os serviços de atendimento enviam um grande número de pacotes para todas as operadoras, eles recebem tarifas com desconto e geralmente os repassam para seus clientes.

Coisas a considerar

Em uma empresa de pequeno porte, as encomendas de embalagem e expedição, o gerenciamento de chegadas de estoque e a organização e acompanhamento de inventário são tarefas contínuas. Acredite em mim, é aqui que você passará a maior parte do seu tempo se você se realizar internamente. Mesmo com o pessoal, requer gerenciamento diário. Para alguns, o cumprimento da terceirização é uma escolha lógica. Para outros, uma operação híbrida com atendimento interno e itens de dropship selecionados faz sentido.

Aqui estão cinco perguntas para ajudá-lo a determinar quais opções de atendimento são melhores para suas metas de negócios específicas:

  1. Já vendi produtos da minha loja ou armazém?
  2. Eu fabrico e armazeno meus próprios produtos e os envio para revendedores?
  3. Estou vendendo uma grande variedade de itens ou apenas alguns produtos?
  4. Meus fornecedores de produtos farão pedidos de envio para meus clientes?
  5. Eu quero focar meu tempo na construção de uma marca de site, não empacotando e enviando?

Nossas recomendações

Sua resposta:O melhor ajuste:Tente isto:
1. Sim - eu vendo da minha loja ou armazémAtendimento residencial ou híbridoAprenda sobre a configuração de atendimento interno e o gerenciamento de pedidos de envio direto aqui.
2. Sim - eu fabrico e envio para revendedoresCumprimento interno ou terceirizado (3PL)Use internamente para todos os pedidos, ou use um 3PL para lidar com as pequenas encomendas diárias do consumidor, enquanto você lida com grandes encomendas no atacado. Saiba mais sobre o preenchimento 3PL aqui.
3. Eu vendo alguns itens diferentes
___
Eu vendo uma grande variedade de itens
Cumprimento interno ou terceirizado (3PL)
___
Atendimento residencial ou híbrido
Aprenda a configurar o preenchimento interno aqui ou deixe um 3PL lidar com tudo isso para você
___
Com muitos itens, as taxas de armazenamento 3PL podem ficar caras. Economize começando com o atendimento interno. Saiba como configurá-lo aqui.
4. Sim, meus fornecedores deixarão de enviar pedidos aos clientesDrop Shipping apenas ou Cumprimento HíbridoSaiba como configurar um negócio de envio direto aqui. Ou use o atendimento híbrido - aprenda a configurá-lo aqui.
5. Sim, quero criar a marca da minha loja online, não embalar encomendasCumprimento Terceirizado (3PL)Deixe um 3PL lidar com todas as suas tarefas de estoque e envio. Aprenda como eles funcionam aqui.
Encontre o melhor serviço 3PL para sua loja online aqui.

Então, você considerou onde você armazenará seus produtos e como atenderá aos pedidos à medida que eles forem sendo processados. Agora, é hora de verificar como você pode gerenciar as tarefas de envio e acompanhar o status de seus pedidos. Suas necessidades serão diferentes dependendo do tipo de cumprimento que você decidir usar. Se o preenchimento e o envio do seu pedido forem terceirizados ou deixados para os fornecedores de remessa, isso está fora de suas mãos e você pode passar para a etapa 4.

Mas se você planeja gerenciar e enviar pedidos por conta própria, aqui estão as três principais opções para tornar todo o processo eficiente e econômico:

1. Pedido de carrinho de compras e recursos de gerenciamento de envio

A maioria das plataformas de comércio eletrônico tem boas ferramentas internas de gerenciamento de pedidos. No painel de gerenciamento da sua loja on-line, você pode revisar e alterar pedidos e imprimir guias de embalagem. Alguns, como o Shopify, permitem até imprimir etiquetas de remessa.

2. Basic Shipping Software & Opções Online

Existem muitas opções de impressão de etiquetas grátis. O USPS.com, o UPS.com, o Fedex.com e o software instalado gratuitamente são ótimos para determinadas necessidades de remessa. O problema com estes é que você não pode comparar facilmente as taxas entre todas as operadoras para encontrar o menor preço para cada remessa.

3. Gerenciamento Avançado de Pedidos e Software de Envio

Softwares baseados em nuvem, como Ordoro e Shipping Easy, se integram à maioria das plataformas de lojas on-line e oferecem muitas eficiências. Eles realmente valem a pena considerar mesmo como uma startup. Uma grande vantagem é que eles permitem que você compare facilmente todas as tarifas da operadora para que você possa economizar no envio desde o início. A maioria oferece planos de entrada gratuitos ou de baixo custo para otimizar as tarefas de envio para as vendas de sites e multicanais. Você pode adicionar mais ferramentas de gerenciamento de pedidos, suporte a pedidos suspensos e até ferramentas de inventário à medida que cresce.

Coisas a considerar

Se você enviar apenas uma ou algumas coisas nos tamanhos e pesos da caixa predefinida, as ferramentas internas do site e as opções básicas de remessa provavelmente serão tudo o que você precisa. Mas se você enviar diferentes tamanhos de caixa, gerenciar itens de envio direto ou vender por meio de diferentes canais, o gerenciamento avançado de pedidos e o software de remessa é a melhor opção.

Meu conselho: planejar para amanhã quando você escolher uma solução de gerenciamento de pedidos e remessa. Todas as opções de software de gerenciamento avançado têm planos de nível de entrada baratos ou gratuitos para iniciar, e então crescerão com você conforme necessário. Além disso, você economizará no frete comparando as taxas de envio em todos os rótulos desde o início.

Aqui estão cinco perguntas a serem feitas ao selecionar a solução certa de gerenciamento de remessa para sua empresa:

  1. Estou enviando apenas um ou alguns itens com tamanhos e pesos pré-definidos?
  2. Estou enviando tudo através de apenas uma operadora: UPS, FedEx ou USPS?
  3. Estou vendendo uma grande variedade de itens que são enviados em tamanhos e pesos diferentes?
  4. Preciso comparar as taxas de envio de diferentes operadoras para cada pedido?
  5. Deixarei alguns itens e pedidos diretamente de meus fornecedores para meus clientes?

Nossas recomendações

Sua resposta:O melhor ajuste:Tente isto:
1. Sim - todos os pedidos são enviados em tamanhos pré-definidosExperimente o USPS para itens leves e use um software de envio avançado para obter melhores taxas de USPS.
Use UPS ou FedEx se você enviar itens mais pesados.
Ordoro ou Shipping Easy com integração USPS, UPS e FedEx. Saiba mais sobre o software de envio avançado aqui.
2. Sim - eu uso apenas uma operadoraExperimente o USPS para itens leves e use um software de envio avançado para obter melhores taxas de USPS.
Use UPS ou FedEx para enviar pedidos mais pesados.
Ordoro ou Shipping Easy com integração USPS para obter taxas mais baixas. Saiba mais aqui.
UPS Worldship ou FedEx Ship Manager
3. Sim - envio em vários tamanhos e pesos de caixaExperimente o USPS para itens leves e use um software de envio avançado para obter melhores taxas de USPS.
Use UPS ou FedEx para enviar pedidos mais pesados.
Ordoro ou Shipping Easy com integração USPS, UPS e FedEx. Saiba mais sobre o software de envio avançado aqui.
4. Sim - preciso comparar as taxas de envio para cada pedidoUse um software de envio avançado com todas as integrações de operadoras para comparar as taxas de envio em todos os pedidos.Ordoro ou Shipping Easy com integração USPS, UPS e FedEx. Saiba mais sobre o software de envio avançado aqui.
5. Sim - deixarei cair algumas encomendas dos meus fornecedoresSoftware de envio avançado com ferramentas de gerenciamento de dropshipOrdoro para gerenciar o envio e enviar automaticamente pedidos de compra para seus fornecedores de dropshipping. Saiba mais aqui.

História real. Eu lancei o meu primeiro site usando atendimento terceirizado. Cerca de nove meses depois, decidi expandir, mudar algumas coisas e trazer meu cumprimento internamente. Depois de um desligamento de dois dias para mover o estoque, estávamos organizados e prontos para enviar um impressionante acúmulo de pedidos. Mas eu esqueci um detalhe importante - caixas de transporte!

Depois de uma rápida e muito overpriced viagem para minha loja de caixa local, nós conseguimos alcançar em um dia. Mas deixe isso ser uma lição. As coisas podem e irão desaparecer quando você inicia ou altera sua operação de comércio eletrônico. Para salvá-lo de um destino semelhante na inicialização, estocar e economizar no envio de suprimentos com os vendedores mais bem avaliados aqui. Agora, vamos discutir caixas e outras formas de enviar os pedidos da sua loja on-line.

Caixas padrão, malas diretas e envelopes vêm em todas as formas e tamanhos. Além disso, você pode ter caixas personalizadas e outros tipos de embalagens feitas para refletir sua marca. Na verdade, muitas empresas, como vendedores de caixas de assinatura, usam embalagens personalizadas como uma ferramenta-chave de branding. Mas você também pode criar embalagens personalizadas de muitas outras maneiras.

Padrão ou personalizado, aqui estão os quatro tipos gerais de embalagem que você pode usar para enviar os pedidos de sua loja online.

1. Shippers
Fonte: Embalagem Salazar
2. Mailers
Fonte: Packlane
3. Envelopes ou Flats
Fonte: Amazon
4. Tubos ou Triângulos
Fonte: Amazon

Coisas a considerar

Ao procurar maneiras de empacotar seus pedidos de remessa, lembre-se: tamanho e peso importa! Todas as transportadoras, incluindo a UPS, a FedEx e o Serviço Postal dos EUA, usam o tamanho e o peso da caixa para determinar a taxa que você paga. Por isso, use sempre as caixas mais pequenas e mais leves e os materiais de embalagem possíveis para proteger os seus itens durante o transporte.

As opções de caixa e embalagem dependem em grande parte do que você estará enviando. Aqui estão cinco perguntas para você apontar na direção certa:

  1. Todos os meus pedidos serão enviados na mesma caixa de tamanho?
  2. Meus pedidos serão enviados em vários tamanhos de caixa?
  3. Estou vendendo um produto do tipo assinatura e preciso de uma embalagem personalizada para definir a marca?
  4. Posso rolar ou dobrar itens para enviar em pacotes menores por menos?
  5. Preciso arrumar ou embalar meus itens para envio em caixas maiores?

Nossas recomendações

Sua resposta:Melhor ajuste:Tente isto:
1. Sim - eu preciso de muitos da mesma caixa tamanho ou mailerCompre caixas de estoque ou remetentes em massa para economizar dinheiro ou imprimir sua própria caixa de marca.
Se estiver usando o USPS, tente caixas de correio prioritário grátis.
Uline ou Amazon para caixas e malas diretas, ou aprenda sobre a impressão de caixas personalizadas aqui.
USPS.com para caixas postais.
2. Sim - eu enviarei em uma variedade de tamanhos de caixa ou malas diretasCompre caixas de estoque ou malas diretas a granel para economizar dinheiro e imprima rótulos de logotipo para marcar caixas de tamanhos diferentes.
Se estiver usando o USPS, tente caixas de correio prioritário grátis.
Uline ou Amazon para caixas e malas diretas, ou aprenda sobre a impressão de caixas personalizadas aqui.
USPS.com para caixas postais.
3. Sim - eu preciso de uma caixa personalizada de marcaImprima caixas personalizadas ou malas diretas em qualquer quantidade, em qualquer orçamento.Packlane, Salazar Packaging, Tag & Label. Saiba mais sobre como imprimir caixas personalizadas aqui.
4. Sim - eu posso rolar ou dobrar itensTente enviar tubos ou envelopes planos leves.Uline ou Amazon para tubos e envelopes de correspondência em massa.
5. Sim - eu preciso embalar ou embalar itens dentro de caixas de transporteCompre sacos e caixas de papelão baratos e, em seguida, embeleze com etiquetas ou logotipos da marca.Saiba como marcar embalagens internas em suas remessas aqui.

Recuos inesperados e falta de estoque são grandes dores de cabeça em uma operação de comércio eletrônico. Embora os problemas com ações não sejam totalmente evitáveis, ter um bom sistema de inventário no lançamento ajudará você a evitar erros de inventário feitos por muitas startups.

Quer você preencha seus pedidos ou use um serviço de atendimento, há uma coisa que você devo Faz: atualize seu site com números de inventário corretos. Isso evita oversells e backorders, e mantém sua operação funcionando sem problemas e seus clientes satisfeitos.

Para fazer isso, você deve rastrear o inventário do seu depósito usando um sistema que funcione ou se conecte ao seu site. Existem três maneiras principais de fazer isso:

1. Ferramentas de Gerenciamento de Inventário da Plataforma da Loja Incorporada

A maioria das plataformas de comércio eletrônico tem boas ferramentas de gerenciamento de inventário. Normalmente, isso é tudo o que você precisa se operar apenas uma loja ou vender um pequeno número de itens.

2. Ferramentas Avançadas de Gerenciamento de Pedidos e Remessa

Esses serviços de software baseados em nuvem se integram à maioria das plataformas de lojas on-line e oferecem ferramentas de inventário impressionantes, além do gerenciamento de pedidos e remessa. Se você vende muitos produtos ou vende em canais diferentes, como Amazon, Ebay ou Etsy, essas ferramentas podem ajudá-lo a executar toda a sua operação com eficiência.

3. Software de Contabilidade ou Ponto de Venda de Loja (POS), como Quickbooks ou Square

Esses programas e sistemas podem se conectar à maioria das plataformas de lojas on-line para atualizar as contagens de estoque.

Coisas a considerar

Se você vende apenas alguns itens em uma loja on-line, a ferramenta de gerenciamento de inventário da plataforma da sua loja provavelmente é tudo que você precisa. Muitas plataformas também se conectam ao Quickbooks também. Mas se você vende uma variedade de produtos em vários sites, canais de vendas on-line ou na loja, precisará de um software de inventário avançado ou de um sistema de PDV de loja de varejo. Se você optar por terceirizar o atendimento de pedidos, seu provedor ajudará a vincular suas contagens de inventário ao seu site e a outros sistemas, conforme necessário.

Você definitivamente tem opções quando se trata de gerenciar inventários para sua loja online, mas qual é o melhor para você? Aqui estão cinco perguntas para ajudar você a decidir:

  1. Estou vendendo apenas alguns produtos em apenas um site?
  2. Estou vendendo um grande número de itens, digamos mais de 100, no meu site?
  3. Estou vendendo os mesmos produtos online e na minha loja física?
  4. Posso kit ou montar produtos quando encomendados, como cestas de presentes ou caixas de assinatura?
  5. Estou vendendo alguns ou todos os meus produtos em vários canais, como Amazon e Ebay?

Nossas recomendações

Sua resposta:O melhor ajuste:Tente isto:
1. Sim - acabei de vender alguns itens em um siteFerramentas de inventário de plataforma de loja onlineConheça as ferramentas de inventário em plataformas dedicadas de comércio eletrônico aqui e os principais plug-ins de carrinho do WordPress aqui.
2. Sim - eu vendo, ou pretendo vender, um grande número de itensSoftware de gerenciamento avançado.
Amarre seu estoque de Quickbooks ou POS à sua loja
Ordoro ou Shipping Easy; aprenda sobre software de gerenciamento avançado aqui.
Ou saiba mais sobre o inventário de produtos do Quickbooks aqui e o Square POS aqui.
3. Sim - eu vendo produtos em uma loja de varejo e on-lineSistema POS para vincular suas vendas e estoque de lojas on-line e de varejoPara um site do WordPress: Square POS with Ecwid
Para uma plataforma de comércio eletrônico dedicada: Shopify com Shopify POS
4. Sim - eu kit ou montar produtos quando eles são pedidosSoftware de gerenciamento avançado para rastrear todas as partes do seu inventário por meio de produtos acabadosOrdoro com gerenciamento de estoque. Saiba mais sobre como gerenciar kits de inventário aqui.
5. Sim, estou vendendo por vários canais, como Amazon, Google Shopping e EbayUma plataforma dedicada que suporta feeds multicanais ou software de gerenciamento avançadoPlataformas como BigCommerce e Ecwid para WordPress suportam inventário para venda multicanal, ou usam ferramentas avançadas de gerenciamento Ordoro ou Shipping Easy; aprenda mais aqui.

Esta etapa é muito fácil de navegar nos dias de hoje, graças aos avanços fabulosos no carrinho de compras e na segurança do provedor de pagamento, conhecida como conformidade com PCI. Não estou entrando nos detalhes da conformidade com o PCI aqui, pois não há realmente nenhuma razão para um pequeno vendedor escolher uma opção de pagamento não garantida. Se você quiser saber mais sobre a importância da conformidade com o PCI para o seu negócio, temos um ótimo artigo que aborda em detalhes aqui.

O que nós Faz É necessário cobrir os três tipos de opções de pagamento seguro compatíveis com PCI disponíveis quando você inicia uma loja on-line. Esses incluem:

1. Provedores de Pagamento Seguro

PayPal e Stripe são simples, fáceis de usar e seguras soluções de pagamento on-line que permitem que você aceite pagamentos com cartão de crédito on-line usando praticamente qualquer plataforma de loja on-line.

2. Proteja os checkouts do carrinho de compras

Nem todas as lojas on-line oferecem check-outs seguros, mas as que recomendamos são oferecidas. Não há realmente nenhuma razão para uma nova loja on-line precisar iniciar com um carrinho de compras não seguro. Os check-outs seguros do carrinho de compras retiram grande parte da responsabilidade de proteger os dados do cliente de seus ombros.

3. Garantir gateways de pagamento e integrações de PDV

Se você quiser usar sua própria conta de comerciante existente, você normalmente pode se ela funcionar com um gateway de pagamento seguro. Seu provedor de pagamentos e a plataforma de comércio eletrônico listam os gateways com os quais trabalham, portanto, você deve encontrar uma correspondência. Para sistemas de POS, como Square, Vend ou Clover, a maioria das plataformas de comércio eletrônico principais integrará o processamento de pagamentos.

Coisas a considerar

Se você comparar os provedores de pagamento "tudo-em-um" Stripe e o PayPal a outros serviços do comerciante, é provável que você encontre as taxas dos all-in-ones maiores. O ponto de inflexão é de cerca de 50 pedidos por mês. Com menos de 50 pedidos, o Stripe e o PayPal são muito competitivos em custo. Além disso, outras opções de pagamento podem ser mais baratas. Mas lembre-se! Com os fornecedores all-in-one, você não precisa gerenciar os problemas de segurança por conta própria. Isso pode economizar tempo e dinheiro a longo prazo, já que gerenciar a conformidade com o PCI requer muito conhecimento técnico.

Se você já tem uma conta de comerciante ou um sistema de pagamento de ponto de venda que deseja usar em sua loja on-line, entre em contato com seu provedor de pagamento. Há uma boa chance de que ele funcione com as principais plataformas de lojas on-line recomendadas. Caso contrário, aqui estão cinco perguntas que ajudarão você a definir a solução de pagamento certa para sua loja on-line e outras formas de aceitar cartões de crédito.

  1. Eu tenho uma conta de comerciante existente e quero usá-la para vendas on-line?
  2. Eu vendo produtos pessoalmente em uma loja ou aceito pagamentos móveis para vendas em feiras e mercados?
  3. Preciso faturar clientes on-line e deixar que eles paguem faturas on-line também?
  4. Eu vendo menos de 50 pedidos por mês?
  5. Eu vendo mais de 50 pedidos por mês?

Nossas recomendações

Sua resposta:O melhor ajuste:Tente isto:
1. Sim - tenho uma conta de comercianteCarrinho Seguro CheckoutSaiba mais sobre como aceitar pagamentos com cartão de crédito on-line aqui.
2. Sim - eu vendo pessoalmenteIntegração POSPara uma loja WordPress, recomendamos o Square POS com o Ecwid.
Para uma plataforma de comércio eletrônico dedicada: Shopify com Shopify POS.
3. Sim - preciso faturar os clientes e deixá-los pagar on-line tambémPagamentos Quadrados ou PayPalSaiba mais sobre como aceitar pagamentos com cartão de crédito on-line aqui.
4. Sim - eu vendo em quantidades menores, menos de 50 pedidos por mêsProvedores de pagamentos seguros com listra ou pagamentos do PayPalEm quantidades menores, estas são menos dispendiosas do que outros provedores. Saiba mais sobre como aceitar pagamentos com cartão de crédito on-line aqui.
5. Sim, eu vendo mais de 50 pedidos por mêsCompra segura de carrinho com uma conta de comerciante
Ou
Provedores de pagamentos seguros com listra ou pagamentos do PayPal
Saiba mais sobre como aceitar pagamentos com cartão de crédito on-line aqui.
Com Stripe ou PayPal, você pode pagar taxas mais altas do que sua própria conta de comerciante, mas eles são muito livres de problemas

Quando você estiver pronto para configurar sua loja on-line, a plataforma escolhida provavelmente terá um tutorial que o orientará durante todo o processo de configuração. Antes de começar, você precisará ter algumas informações prontas para criar as principais páginas da sua loja. Você também precisará das informações do produto organizadas para começar a encher sua loja. Em particular, você precisará de:

  • Armazenar informações de contato
  • Política de Atendimento ao Cliente
  • Taxas de envio e política
  • Política de Privacidade
  • "Sobre nós" Informações
  • informação do produto
  • Imagens do produto

Coisas a considerar: informações e políticas da loja

Isso entra nos pontos de contato do cliente. Até agora, nós olhamos como para executar sua operação de loja on-line. Agora é hora de colocar tudo por escrito nas páginas de informações e políticas da sua loja. Isso permitirá que seus clientes saibam o que esperar quando solicitarem de você.

Nota! Este é o momento de ser honesto e claro sobre suas promessas de realização. Se você disser que as encomendas feitas até às 10h00 da CST serão entregues no mesmo dia, certifique-se de que a sua operação pode lidar com isso. Se decidir oferecer um envio rápido, certifique-se de que consegue enviar as encomendas o mais rápido possível. Se você não tiver certeza primeiro, diga que os pedidos são enviados em até 24 horas ou até 48 horas. Você sempre pode mudar isso depois de estar funcionando perfeitamente.

Nossas recomendações

Não sabe o que escrever para as páginas sobre “sobre nós”, atendimento ao cliente, informações de envio e política de privacidade?

  • Obtenha ideias de sites de sua preferência e não se esqueça de ver o que a concorrência diz no site.
  • Confira a seção sobre como configurar as páginas de informações da loja em nosso artigo aqui.

Coisas a considerar: Informações sobre o produto

Suas descrições e imagens de produtos são o conteúdo mais importante em seu website. Eles precisam ser grandes e originais, se possível. Se você criar seus próprios produtos, obviamente suas descrições e imagens serão originais e vinculadas à sua marca. Não sabe como fazer isso? Mais uma vez, olhe para seus sites favoritos, boutiques online e sua competição por inspiração.

Ou confira este grande quadro no Pinterest para várias ideias de fotografia de produtos de marca:

Fonte: Pinterest

Para descrições de produtos, se você revender produtos, não se contente com os mesmos avisos fornecidos pelo fornecedor que sua concorrência está usando. Escreva você mesmo e inclua todos os detalhes: tamanho, peso, material e qualquer outra coisa que possa levar a uma pergunta do cliente. Idem suas fotos do produto. Se você tem ótimas imagens do seu fornecedor, use-as, mas tire algumas de suas próprias para destacar sua marca também.

Nossas recomendações

Aqui estão alguns artigos para ajudá-lo a criar descrições de produtos e imagens que realmente vendem:

  • Aprenda a tirar ótimas fotos de produtos usando apenas a câmera do celular aqui.
  • Aprenda a escrever aqui descrições de produtos amigáveis ​​e fáceis de usar.

Se escrever ou fotografar produtos não é o seu show, contrate um freelancer na Fiverr para deixar suas páginas de produtos realmente brilharem.

Se você criar seu site em uma plataforma de topo, escrever um bom conteúdo e seguir os princípios básicos de SEO, você poderá, depois de algum tempo, começar a ver seu site na primeira página dos resultados de pesquisa. Mas esteja avisado! Os mecanismos de busca são volúveis e até mesmo os rankings superiores não garantem as vendas.

É por isso que outras táticas de marketing e envolvimento do cliente são tão importantes para as lojas online, incluindo:

  • Blogging
  • Facebook
  • Pinterest
  • Marketing de email
  • Video Marketing
  • Publicidade paga por clique
  • Promoções de cupom & Frete grátis Ofertas
  • Envolvimento off-line - envio de marca e inserções

Parece muitas opções, e é! O marketing da sua loja on-line é uma grande tarefa, e aqueles que fazem isso dedicam tempo a ela todos os dias. Se você for criativo e persistente, poderá atrair seguidores com blogs, marketing social, e-mail, vídeo e engajamento off-line e gastar muito pouco dinheiro fazendo isso.